Poesia Dedicada

O QUE É POESIA DEDICADA

photo-1431207446535-a9296cf995b1
Já pensou dedicar um poema ou prosa poética a alguém importante na sua vida, traduzindo amor, agradecimento, agraciamento, paixão, indulto, parabenização, elogio, incentivo, ou qualquer outro sentimento que o motive?​

Oferecemos Poesias e Prosas que serão suas, de: amor, agradecimento, agraciação, paixão, indulto, parabenizaçao, elogio, incentivo, celebração...e qualquer outro sentimento que o mova...

Dedicar um poema ou prosa a alguém que amamos, admiramos, ou até abominámos pode tornar-se motor de bem-estar para um ou ambos os atores da comunicação, na emissão (enquanto motor e dono das ideias a que nós daremos forma) e na leitura das ditas peças de arte escrita. Assim imaginamos as solicitações que aqui nos cheguem como a possibilidade aberta para entrada numa panóplia de sentimentos, que não sendo nossos, para escrevê-los teremos que vesti-los e sabendo que será fácil despi-los na entrega da obra finda, porque não nos pertencem verdadeiramente, só nos engrandecerá em experiência e conhecimento de e da vida.

Exemplos do que poderá dedicar:

 

 

EXEMPLOS PELA POSITIVA DO QUE PODERÁ DEDICAR....

photo-1456694441711-af0ab2d64c96

Exemplos positivos do que poderá dedicar:

+ Poemas ou prosas de amor, amizade, agradecimento, agraciação, paixão, indulto, louvor, elogio, incentivo, encorajamento, euforia, felicidade, entusiasmo, optimismo, alegria, ânimo, coragem, esperança, homenagem, reparação…

EXEMPLOS PELA NEGATIVA DO QUE PODERÁ DEDICAR....

photo-1438872692241-48339619b1ea
- Poemas ou prosas de ódio, ingratidão (gratidão irónica), abominação, aversão, desdém, desconsideração, desprezo, vingança, depreciação, crítica, deslouvor, desalento, consternação, desconforto, impropério, injuria, censura, ultraje, amuo, tristeza…

“HÁ PALAVRAS….”

photo-1453785675141-67637e2d4b5c

«Há palavras que nos beijam

Como se tivessem boca.
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.
De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel abandonado)
Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte»

Alexandre O'Neill, in 'No Reino da Dinamarca'

MÃE

photo-1430329429612-babb42f88673

És o meu anjo da guarda
Quem me orienta o caminho
Quem está sempre na retaguarda
Acolhendo-me no ninho

És mais do que amiga
És amor
Um que de tão grande não cabe
Num poema seja de quem for

Por isso o papel é curto
E a inspiração escassa
Para te escrever o que sinto
Quando a tua ausência por mim passa

Não deixes nunca de estar
Por muito que te desiluda
Tenta sempre perdoar
E nunca te quedes muda

Tuas sábias palavras
São sempre meu melhor alento
Evitam as minhas lágrimas
E servem-me como unguento

 

Ilia Mar

GONÇALO

 

photo-1437954820769-76094033b90f

Grandioso coração

O meu menino de ouro

Nasce em grande emoção

Cresce num amor como não há outro

Amigo leal de tudo o que é animal

Límpido sorriso de inocência

Olha tudo com inteligência

Ilia Mar
Acróstico dedicado a filho pelo seu 7º aniversário

MARIA DITO, MARIA NÃO DITO, MARIA PALAVRA

falar-ou-calar (2)Maria Dito
Maria Não Dito
E Maria Palavra
Foram juntas passear
Até que Maria Dito disse:
- Ouvi dizer que…
Maria Não Dito interrompeu-a
Com um enorme silêncio
Para conceder tempo a Maria Palavra
E esta encheu-se de coragem, camuflou-se e suspirou no vazio
Tudo o que disse e não disse
Tudo o que foi dito e não dito
Ecoando em todas as Marias Dito e não Dito
O que estas nunca chegaram(ão)(iam) a dizer
perceber ou saber

Ilia Mar

PRETENDO DEDICAR POESIA OU PROSA

 

Estabelecemos a nossa tabela de preços com base no que consideramos ser adequado ao tempo despendido no desenvolvimento criativo dos nossos produtos.

O nosso empenho será sempre o mesmo, mas a qualidade do produto final e a percentagem de ajustamento ao que pretenda, depende muito do quão especifico consiga ser em relação ao seu desejo. Assim deverá transmitir-nos inequivocamente no seu pedido (mas pode fazê-lo apenas depois do nosso primeiro contacto), os aspectos mais importantes e que não podem ser de todo esquecidos na nossa criação.

 

Escrevemo-la por si, por:

Preços por criação com mínimo de 8 e máximo de 16 linhas nos poemas (à exceção dos acrósticos que terão linhas equivalentes às letras dos nomes pessoais indicados com um mínimo de 5 e máximo de 10), e entre 80 e 150 palavras nas prosas poéticas.

 

Poema ou Prosa dedicado em tom amoroso
35,00 €
Poema ou Prosa dedicado em tom solene
45,00 €
Poema ou Prosa dedicado em tom humorístico
50,00 €
Poema dedicado em Acróstico Nominativo
65,00 €