O QUE POSSO DIZER EM POESIA

Se alguém te perguntar que quiseste dizer com um poema pergunta-lhe o que Deus quis dizer com este mundo…”

​Mário Quintana​

 

 

Criamos para si poemas e prosas poéticas portadoras de mensagens importantes. Você define por palavras suas o que pretende dizer, nós colocaremos as nossas para embelezar a mensagem e garantir que seja mesmo ouvido.

photo-1432821596592-e2c18b78144f

«Com palavras me expresso
Com palavras digo o que sinto
Às vezes o que não sinto
Com palavras às vezes minto

Porque se disser que não minto, minto
Com palavras digo quem sou
Com elas vou às profundas de mim
Interpelando a minha verdade
Ao recôndito de mim me apresto
Na palavra que pode não ser
Mais do que coisa pensada.
Com algum talento ou sem ele, tratada
Que ninguém me diga
Que a palavra é inócua
Porque é indolor e não tem gosto.
A palavra muitas vezes cura
Ela é sadia, oportuna, ela é amorosa
Portadora do bem-querer, da amizade
Da alegria e da verdade
Mas a palavra pode ser rotundamente venal
E se fisicamente não provoca dor
Ela muitas vezes fere, faz mal
Vergasta a alma, faz sangue
A palavra às vezes é mortal
As palavras não as levam o vento.
Porque é o espírito que as dita
Deveriam ser de mansidão
Mas nem sempre o bom senso as inspira
É que quando insidiosas
Elas não são mais do que
A lava rubra, escaldante, de um vulcão.»

António B. da Fonseca

91656487

 

Pssttt Chega perto

Quero sussurrar-te

O que é certo

Segredar-te baixinho

O que sinto

E te garanto não minto

Que sinto falta de carinho

Que falta mel na receita

E o teu fel faz maleita

Tanto como a incerteza

Do amanhã

O não saber se porei a mesa

Ao final da manhã

Assim como a inutilidade

Dos meus dias

Mutilada a actividade

Sufocada uma das vias

A suster-me apenas

O sentimento

A lembrança de tardes amenas

O amar a todo o momento

 

Maria João Leal

 

photo-1452802447250-470a88ac82bc

A cor primária que ansiava ser composta,

não encontrava o seu azul para verde.

Os dias a preto e branco continuavam a acinzentar a palete dos seus sentidos.

Mas ela queria cor e brilho.

Então meteu o pincel a caminho e entrou no arco íris pela porta do cavalo.

Recolheu um pouco de cada, misturou-as todas a preceito e pintou uma manta colorida de desejos.

Ilia Mar

Estabelecemos a nossa tabela de preços com base no que consideramos ser adequado ao tempo despendido no desenvolvimento criativo dos nossos produtos.

O nosso empenho será sempre o mesmo, mas a qualidade do produto final e a percentagem de ajustamento ao que pretende, depende muito do quão especifico consiga ser em relação ao seu desejo. Assim deverá transmitir-nos inequivocamente no seu pedido (mas pode fazê-lo apenas depois do nosso primeiro contacto), os aspectos mais importantes e que não podem ser de todo esquecidos na nossa criação.

Faremos suas as nossas palavras por:

Preço por criação com mínimo de 6 e máximo de 10 linhas nos poemas, e entre 35 e 70 palavras nas prosas poéticas.

Poesia ou Prosa dirigida em tom amoroso
20,00 €
Poesia ou Prosa dirigida em tom solene
25,00 €
Poesia ou Prosa dirigida em tom humorístico
30,00 €